segunda-feira, 16 de junho de 2008

A poluição atmosférica

A poluição atmosférica resulta essencialmente de actividades industriais e do tráfego rodoviário e aéreo, através do escape de viaturas e aviões.

Em Cabo Verde a poluição do ar não constitui ainda uma grande preocupação. No entanto, merece atenção o crescimento exponencial do parque automóvel, nos últimos anos, principalmente na ilha de Santiago, o que tem contribuído para a diminuição da qualidade do ar, sobretudo nos centros urbanos.

A principal fonte de poluição do ar e da atmosfera em Cabo Verde é a queima de combustíveis fósseis. Estes incluem os derivados de petróleo e em menor extensão o gás natural. O carvão e a lenha são utilizados consideravelmente nas zonas rurais, onde poluem o ar libertando partículas de fumo, fuligem e poluentes químicos ricos em monóxido de carbono e compostos de enxofre respectivamente.

Considera-se ainda, embora incipientes, os gases provenientes da queima de resíduos sólidos nas lixeiras situadas em locais muito próximos dos centros urbanos ou de estradas principais. Os gases que se escapam das lixeiras podem constituir um risco devido à explosão de metano ou asfixiação pelo dióxido de carbono.Se compararmos Cabo Verde com os outros países da região durante o ano 1994, o nível de emissão de gases com efeito estufa está abaixo de Marrocos (1.740 kg /média por cidadão) e do Senegal (1.900Kg/média por cidadão).

Lurdes EFAB3-turma 2

1 comentário:

Ana Sofia Gonçalves disse...

Tem toda a razão a autora desta notícia!
O aquecimento global é um problema que nos afecta a todos.